sexta-feira, 23 de julho de 2010

Menina Faceira

Ela me chamou para nomear estrelas.



Coisa das mais alegres e das mais perigosas desse mundo é conhecer meninas faceiras, mais perigoso é dar-lhes as mãos para brincar com elas .



Menina de sorriso largo, olhos profundos, brilho do mistério do infinito no olhar. Asas de borboleta e sobre as asas o dia inteiro. Convidou-me para com o vento correr atrás das estrelas e dá nome a elas. E lá fomos...



Olhos selvagens envoltos numa serenidade que enfeitiça o espírito daqueles que ousam lhes dar as mãos ou olhar em seus olhos. Quantos sorrisos diferentes você tem? “O céu é teu sorriso, no branco do teu rosto a irradiar ternura...”



A menina faceira brincava de ciranda com a vida.



A menina se foi... Agora está brincando de picúla, correndo atrás do tempo...



Ela me chamou! Chamou para nomear estrelas. Ah menina! Faceira...

5 comentários:

Ana Paula Duarte disse...

Nossaa, fiquei aqui pensando...Será que sou menina faceira? Quero ser uma...rsrs
Marquitoo!
Lindo texto, bem poético...Corre, brinca de picula com a menina faceira!!
Bjãaoo, sucesso.

Renata Fagundes disse...

Não se espante se aparecer um brilho diferente em suas mãos - é poeira de estrelas :D

Seja bem vindo ao meu cantinho e obrigada pelas belas palavras!

Dayana disse...

Obrigada pelo texto! kkkkkkkkkkkkkkkk

Bel Lima disse...

Amigo Marquinhos, acredito que esta menina que vc retrata ficou ainda mais faceira no dia da tua formatura.

Gostei do texto que você leu, uma teologia a favor dos excluídos da sociedade, das mulheres, negros, homossexuais, portadores de necessidades especiais. Como seria escrita a Bíblia tendo a participação destes sujeitos até a dita pós-modernidade, invisibilizados?

Voltando para a dita cuja...

"Viver e não ter a vergonha de ser feliz... É bonita, é bonita e é bonita."

Parabéns Marquinhos!

Taise disse...

mim conta quem eh ela eu naun conto pra ninguem naun ... prometo !!!