terça-feira, 3 de maio de 2011

DEUS sem o DIABO - Morre Osama Bin Laden

O mundo Ocidental triunfa sobre as hostes do mal. Morre Osama Bin Laden.
As cenas ridículas de estadunidenses alienados gritando U.S.A  na frente da Casa Branca comemorando a Morte de Bin Laden,  se repetiram durante todo o dia.

Mas as outras mensagens aquelas que não são ditas, mas se dizem, aquelas que costuram os discursos, que estão por trás destes, nas entrelinhas essas são interessantes.

Os Estados Unidos atestam sua vocação para matar, e não poderia ser diferente. No mundo Ocidental os maiores lucros, que equilibram a delicada economia vêm de crimes (narcotráfico) e das indústrias da morte (armas). Nunca houve tanta concentração de recursos econômicos e conhecimento científicos e tecnológicos dedicados a produção da morte.

As fábricas de armas estadunidenses só não trabalham mais que as fabricas midiáticas de produção de inimigos.

O mundo Ocidental que o tal Bin Laden tanto odiava luta pela paz enquanto os radicais islâmicos terroristas promovem a Guerra. Os números mostram bem isso: [1]Para cada dólar que as Nações Unidas gastam em suas missões de paz, o ocidente emprega 2 mil dólares em gastos de guerra, destinados ao sacrifício de seres humanos em caçadas onde o caçador e a presa são da mesma espécie.

As últimas notícias do assassinato de Bin Ladem e sua família no Paquistão trouxe à memória dos estadunidenses o ato terrorista de 11 de setembro q quase 3 mil pessoas em sua maioria civis foram mortos. A nação alienada certamente não consegue lembrar do ato de Terrorismo em que 60 mil civis Iraquianos foram assassinados, famílias inteiras dizimadas,  mortos na guerrinha de Bush no Iraque, para procurar algo que não existia.

Na guerra do Afeganistão, aquela que começou para caçar Bin Laden e que continua até o momento, mesmo depois da morte do Demônio, só em 2010 foram 2777 civis afegãos mortos.
O ex inimigo numero 1 do povo da Guera, foi também o homem q sozinho conseguirá decidir dois pleitos eleitorais da poderosa nação. Reelegeu Bush em 2004 e garantiu a reeleição de Obama em 2012.

E assim continua a trajetória da grande Nação Mundial promovendo a Paz no mundo, invadindo países, matando pessoas, vendendo armas, fabricando Guerras.
Um dia chegaremos lá.

Afinal de contas... Como disse recentemente um amigo, como o mundo não tem mais jeito, cada um garanta sua vida de prazer, e o resto...
_______________________________________________________________________________
* [1] Números retirados do livro: "De Pernas pro ar" de Galeano.
 [2] Os outros números são de arquivos oficiais dos EUA divulgados no site http://www.wikileaks.ch/

8 comentários:

Léo disse...

Meu Pastor,
Lendo aqui sua belíssima e aguçada percepção dos bastidores do terror promovido pelo Tio Sam, me ocorreu uma duvida inquietante.

Se está comprovado que deus sem o diabo não teria a menor graça; sendo assim, quem será o próximo a ser diabolizado pelos EUA?

Saudades meu velho, abração!

Letras Multicultural disse...

Valeus pelo post Marquinhos, de sensibilidade aguçada, teor crítico que futuca os sensacionalismos e as "verdades" veiculadas pela mídia.

Assim que houve a suposta morte de Bin Laden pensei acerca destas questões, o quanto de gente inocente afegã, palestina morreu para uma suposta "defesa da democracia", não tinha dimensão que tinha sido mais de 20 x do numero de estadunidenses...

Mas é isso, não temos mais Nero do império romano mas os EUA está saindo "bem" como representante do poderio atual. Onde a geração mcdonalds consome e compra os enlatados, quer produtos alimentícios, têxteis, quer informações, ideologias, e o bombardeio destes é tão intenso que pouco se tem oportunidade para se digerir, até mastigar tais produtos.

"A gente não quer só comida, a gente quer bebida, diversão e arte..." já diziam Arnaldo Antunes, Marcelo Fromer e Sérgio Britto. Temos fome e sede de quê? Parabéns Marquinhos, lembrando nosso mestre Jesus,
Felizes os que tem fome e de justiça porque serão fartos.

Abraços!

Dayana disse...

Tinha obrigação de ler esse texto.
Outro fator é que a popularidade de Obama caiu e as eleiçoes de 2012 está praticamente nas portas. Entao, algo teria que ser feito.
Bin Laden PODE estar morto, mas a Al-Kaeda nao acabou... e outra coisa, o provável sucessor dele é Ayman al-Zawahri um terrorista pior que ele...
Será EUA que o MUNDO está MAIS seguro, ou agora que a Guerra vai começar, já que Al-Kaeda decretou estado de alerta mundial com ataques semelhantes contudo mais potentes que o do 11 de setembro?!?

Parabéns pelo texto e pelas fonte de Eduardo Galeano, Marcos!

Anísia Neta disse...

Muito bom texto Marquinhos!!

Ridículo mesmo ver os norte-americanos nas ruas gritando U.S.A., dizendo que fizeram justiça!!! Que senso de justiça é esse? Como os EUA podem falar de paz??!!! Vingança não traz ninguém que está morte de volta pra vida!!! Olho por olho acabaremos cegos!!!

Os EUA continuam imperialista sacana!! Obama ou Bush, agora tanto faz!!!

Veremos o que os próximos dias nos reserva!!!

Maiane disse...

Adorei Marquinhos!!
Nada justificaria a morte de tanta gente por causa de homem, e os norte-americanos aplaudindo...ai de nos se para cada assassino no mundo precisasse morrer 60 mil pessoas para o desejo de vingança e supremacia ser realizado... E que morte mais oportuna...

Aníssima Duarte* disse...

Eu sei o que os EUA fizeram no verão passado...
Sem mais por ora, e depois comento de verdade =p

Messias Brito disse...

Bem x Mal, Deus x Diabo, Céu x Inferno, será que algum dia superaremos esses binômios terríveis que incitam violência e morte? Aff, é difícil não ter raiva desses ianques! Mas não podemos personificar o mal como eles fazem. Precisamos sim lutar pela superação desse padrão cultural que impede a construção de uma convivência respeitosa e fraterna com todos os seres vivos!!!

jefferson disse...

Viva Obama 2012 gente, e por aí se vai. Valeu Xero